4109-1052 | 98067-6144 contato@spadomicro.com.br

Trocar o carregador da bateria do notebook é uma tarefa que parece simples, mas que precisa ser realizada com alguma atenção. Há detalhes importantes sobre a fonte de energia que devem ser observados para que o equipamento funcione corretamente e não cause danos à vida útil da bateria, ou acidentes, comprometendo a integridade do computador e do usuário.

Confira o passo a passo com todas as informações necessárias para a troca de um carregador que quebrou ou parou de funcionar e fique atento ao comprar uma fonte nova.

Recarregar a bateria com laptop ligado pode ser prejudicial (Foto: Thiago Barros/TechTudo)Problemas com o carregador? Veja o que fazer antes de comprar um novo (Foto: Thiago Barros/TechTudo)

Por que é importante conhecer essas informações?

A fonte com especificações incorretas pode prejudicar a vida útil da bateria e, em casos extremos, provocar superaquecimento ao ponto de tornar o componente uma pequena bomba. Ao estourar, a bateria pode ferir usuários, vazar substâncias tóxicas e provocar danos irreversíveis ao computador.

Saiba quais são os aspectos importantes na hora de comprar uma fonte para notebook (Foto: Filipe Garrett/TechTudo)Saiba quais são os aspectos importantes na hora de comprar uma fonte para notebook (Foto: Filipe Garrett/TechTudo)

Antes de realizar uma compra, fique atento às especificações da fonte. O aparelho precisa oferecer valores próximos, se não iguais, aos prometidos pelo modelo que você está substituindo em dois quesitos principais: voltagem e amperagem de saída.

No caso de uma fonte que tenha qualquer grande disparidade nesses registros, com valores muito mais altos do que aqueles aceitos pela bateria do computador, haverá riscos de que a tensão ou intensidade de corrente que sobra causar, com o tempo, danos em circuitos e na bateria, já que ela será sobrealimentada o tempo todo.

Fontes universais podem ser uma opção, desde que ofereçam especificações compatíveis com a sua necessidade (Foto: Divulgação/Bright)Fontes universais podem ser opção, desde que ofereçam especificações compatíveis com a necessidade (Foto: Divulgação/Bright)

Como adquirir uma nova fonte

Passo 1. A princípio, não há problemas em adquirir fontes genéricas, também chamadas de paralelas, ou universais. Mas, se possível, verifique com o fabricante do seu notebook a disponibilidade de carregadores originais. Caso estejam disponíveis e o preço não for um obstáculo muito grande, dê preferência ao produto original;

Caso você opte por uma fonte genérica, mas não universal, as especificações técnicas precisam ser exatamente iguais às encontradas no carregador original (Foto: Divulgação/Rohs)Caso você opte por uma fonte genérica, mas não universal, as especificações técnicas precisam ser exatamente iguais (Foto: Divulgação/Rohs)

Passo 2. Há casos em que comprar a fonte original para substituir uma defeituosa será impossível, sobretudo no caso de laptops mais antigos. Nessas situações, você terá que procurar modelos genéricos, o que significa filtrar as fontes de acordo com suas especificações: voltagem de entrada, de saída, amperagem e padrão de pinos;

Independente do fabricante e do modelo, fontes trazem informações técnicas nas faces (Foto: Filipe Garrett/TechTudo)Independente do fabricante e do modelo, fontes trazem informações técnicas nas faces (Foto: Filipe Garrett/TechTudo)

Passo 3. A melhor forma de conhecer esses dados técnicos é consultando a face do carregador aposentado. Nela há uma série de dados técnicos sobre o equipamento. Comece procurando os valores referentes à entrada (Input). O principal aqui é descobrir a voltagem de entrada. No exemplo da foto, trata-se de uma fonte bivolt, de 100 a 240 volts.

Após conferir o input, é hora de descobrir valores de saída de energia (Output). Como visto abaixo da voltade, a fonte usada no nosso exemplo oferece 19 volts, 4,74 ampères de intensidade a uma potência máxima de 90 watts (se a fonte não incluir essa informação, basta multiplicar a voltagem pela amperagem para conhecer o número);

Fique atento aos números para não ter surpresas desagradáveis ao comprar uma fonte genérica (Foto: Filipe Garrett/TechTudo)Fique atento aos números para não ter surpresas desagradáveis ao comprar uma fonte genérica (Foto: Filipe Garrett/TechTudo)

Passo 4. O último ponto é verificar o padrão de pinagem do componente, ou o conector que liga o carregador ao notebook, afinal, comprar uma fonte de especificações ideais que não se conecta ao seu laptop não resolverá o problema.

Não esqueça de verificar a compatibilidade dos conectores da fonte com seu notebook (Foto: Filipe Garrett/TechTudo)Não esqueça de verificar a compatibilidade dos conectores da fonte com seu notebook (Foto: Filipe Garrett/TechTudo)
Por Techtudo.

Você pode gostar!