4109-1052 | 98067-6144 contato@spadomicro.com.br

Muitos usuários se preocupam em manter as entradas de ar dos computadores limpas e o sistema de resfriamento funcionando corretamente, longe do calor. No entanto, de acordo com um estudo da Rutgers University, dos Estados Unidos, o inimigo do HD agora é outro: a umidade.

A pesquisa, feita em parceria com a Microsoft e a GoDaddy, concluiu que os maiores danos aos equipamentos testados foram causados por altos níveis de umidade. Foram realizados testes em mais de um milhão de discos, em nove datacenters diferentes da fabricante do Windows 10, variando entre um ano e meio a quatro anos de avaliação.

Faça um backup do seu disco rígido (Foto: Pond5)  (Foto: Faça um backup do seu disco rígido (Foto: Pond5) )Teste de universidade aponta que umidade pode prejudicar o computador (Foto: Pond5)

 

Durante este período, foi possível notar que 89% dos problemas eram relacionados a falhas nos discos rígidos. Observando as centrais, divididas entre as que possuem e não possuem controle de umidade, os especialistas analisaram que as que dispensam o sistema estavam no topo da lista de problemas de funcionamento.

Quanto maior a umidade, mais problemas com o controle e a conectividade do disco. As falhas relacionadas a umidade se tornaram tão recorrentes que colocar os drives em locais mais quentes do servidor se mostrou eficiente para prevenir qualquer erro, já que o calor seria menos prejudicial.

Apesar da pesquisa concluir que os datacenters instalados em locais onde há um nível de umidade naturalmente maior devem ser mais agressivos no controle do ambiente, os pesquisadores também concluíram que em alguns casos é mais barato substituir o disco rígido do que instalar um eficiente sistema de controle de umidade, que tem custo muito elevado.

Como combater a umidade

Se você deixa seu computador em um ambiente naturalmente úmido, é preciso ficar atento para não deixar que seu disco rígido seja afetado. É importante que o local seja bem arejado, nada de janelas e portas fechadas 24 horas por dia. Outra dica é evitar pisos com carpetes e não deixar o CPU em armários muito fechados ou encostados na parede.

Via NetWork World

Você pode gostar!