4109-1052 | 98067-6144 contato@spadomicro.com.br
Vale a pena comprar um iPhone 6 usado? Preço pode compensar

Vale a pena comprar um iPhone 6 usado? Preço pode compensar

O preço do iPhone 6 certamente caiu desde seu lançamento em 2014, mas ainda permanece alto – a versão de 16GB custa R$ 3.199 e a de 64GB, R$ 3.499. Vale lembrar que a câmera permanece com apenas 8MP e não há mais a versão de 128GB no Brasil desde o lançamento do iPhone 6S e do 6S Plus. Por isso, é crescente a quantidade de pessoas que optam por comprar o modelo usado celular da Apple.

Mesmo com esse aumento, muitos usuários ainda ficam apreensivos em adquirir um aparelho de segunda mão e ele vir com algum defeito. Para acabar com essas dúvidas, veja a lista de pontos positivos e negativos que podem te ajudar na hora de decidir por um usado ou não.

iPhone 6 e 6 PlusAinda vale a pena comprar um iPhone 6 usado? (Foto: Lucas Mendes/TechTudo)

Pontos positivos

1. Preço mais barato

Hoje em dia é possível encontrar o iPhone 6 por cerca de R$ 2.300 em grupos e sites de compra e venda de aparelhos. Não podemos dizer ainda que é um um aparelho barato, mas já há uma economia para quem faz questão de ter o iPhone. O preço atual, na loja, chega a R$ 3.499. Já na época do lançamento no Brasil, o valor da versão de 64GB era de R$ 3.899.

Em alguns casos, o smartphone vendido tem pouco tempo de uso, o que aumenta as chances de obter um celular em bom estado. Para confirmar essa informação, é importante pedir a nota fiscal para o vendedor.

2. Bom desempenho

Os celulares da Apple têm ótimo desempenho, mesmo depois de certo tempo de uso. O sistema operacional iOS e os processadores são desenvolvidos pela própria Apple, o que contribui para que o iPhone rode com fluidez, sem apresentar travamentos.

iPhone 6 usado ainda pode apresentar bom desempenho (Foto: Anna Kellen/TechTudo)iPhone 6 usado ainda pode apresentar bom desempenho (Foto: Anna Kellen/TechTudo)

Qual é o melhor celular top de linha a venda no Brasil? Descubra no Fórum do TechTudo

No caso do iPhone 6, isso deve valer por bastante tempo. O celular tem um processador A8 com 64 bits e um coprocessador M8 – especificações que prometem garantir que o aparelho seja capaz de suportar as atualizações do iOS e o uso diário sem grandes problemas.

3. iOS atualizado

A versão mais recente do sistema do iPhone (e do iPad) é o iOS 9. Tradicionalmente, a Apple costuma disponibilizar seus OS até mesmo para os celulares mais antigos. O iPhone 4S, por exemplo, foi lançado em 2011 e já conta com o iOS atualizado. Se a empresa mantiver esse histórico, os usuários do iPhone 6 continuarão recebendo os updates do sistema por pelo menos mais três anos.

iOS 9 é o sistema operacional mais recente da Apple (Foto: Divulgação/Apple)iOS 9 é o sistema operacional mais recente da Apple (Foto: Divulgação/Apple)

Pontos negativos

1. Preço oficial ainda pode diminuir

Logo após o lançamento dos novos iPhone 6S e iPhone 6S Plus, o preço das versões anteriores diminuiu. Como a Apple costuma apresentar um celular por ano – e sempre na mesma data -, espera-se que o iPhone 7 seja anunciado em setembro deste ano.

Portanto, se você não estiver com pressa para comprar um smartphone novo, esperar mais alguns meses pode representar em uma economia ainda maior. Se esse não for o seu caso, você provavelmente vai adquirir um iPhone 6 usado mais caro do que ele será no meio do ano.

2. Possíveis arranhões e marcas de uso

Com o uso diário, é comum que algumas marcas e arranhões apareçam nos celulares, por causa de quedas e batidas acidentais. Caso o usuário não utilize uma capinha protetora, é bastante difícil que o corpo do aparelho permaneça intacto por muito tempo.

Depois de certo tempo, iPhone 6 pode apresentar algumas marcar de uso (Foto: Lucas Mendes/TechTudo)Depois de certo tempo, iPhone 6 pode apresentar algumas marcar de uso (Foto: Lucas Mendes/TechTudo)
Dessa forma, ao comprar um smartphone de outra pessoa, é preciso estar ciente da possibilidade de ter em mãos um celular com marcas de uso.

3. Problemas na bateria

Uma característica negativa do iPhone – mesmo nos aparelhos novos – é a bateria. Muitos usuários reclamam que o dispositivo não consegue ficar muito tempo longe das tomadas. No caso de um iPhone 6 usado esse problema fica ainda mais evidente.

Com o passar do tempo, e com o uso constante, a tendência é que a bateria do celular passe a ter uma piora no desempenho.

Quer saber um pouco mais sobre o iPhone 6 antes de comprar? Veja o vídeo:

1.00

Cuidado especial: iCloud bloqueado

Esse ponto exige muita atenção daqueles que pretendem comprar um iPhone 6 usado. Se você adquirir um celular da Apple bloqueado no iCloud, será possível utilizar apenas os recursos nativos do sistema. Dessa maneira, o usuário não vai conseguir baixar novos apps.

Para garantir que isso não ocorra, é preciso pedir para que o dono do iPhone finalize a sua sessão no iCloud, deslogando o e-mail cadastrado e permitindo que o novo usuário inicie uma conta diferente.

Por: Tech Tudo

iPhones 6S e 6S Plus têm películas que se regeneram dos arranhões

iPhones 6S e 6S Plus têm películas que se regeneram dos arranhões

Os iPhone 6S e iPhone 6S Plus ganharam uma película protetora de tela que pode se regenerar depois de riscos. Para isso, ela usa uma tecnologia que permite que danos sejam corrigidos a partir de um tipo de resina adesiva, liberada com o atrito.

iPhone 6S e 6S Plus têm data de lançamento no Brasil confirmada pela Apple

A versão foi criada pela Innerexile, que já tinha lançado uma com as mesmas características para o smartphone da Apple anteriormente. A versão anterior do produto levava até um minuto para corrigir os defeitos e seu correto funcionamento dependia de condições ideais de temperatura. A nova película, desenvolvida para a nova geração de iPhones, pode cobrir um risco em questão de segundos.

Innerexile apresenta película para iPhone que não apenas resiste aos riscos, mas os corrige (Foto: Reprodução/Engadget)Innerexile apresenta película para iPhone que não apenas resiste aos riscos, mas os corrige (Foto: Reprodução/Engadget)

Como resolver conflitos de IP do iPhone? Comente no Fórum do TechTudo

O processo funciona por conta de uma camada de microcápsulas que armazenam um tipo de resina adesiva. Quando algo pontiagudo desliza contra a película, elas são rompidas e seu conteúdo escorre para cobrir o risco.

As películas têm apenas 0,2 mm de espessura e, de acordo com a fabricante, são completamente compatíveis com o 3D Touch dos novos iPhones. O material conta com um tratamento que o torna menos aderente às marcas de impressões digitais.

A película também é compatível com os iPhone 6 e iPhone 6 Plus e pode ser encontrada no mercado norte-americano e em grandes sites de comércio eletrônico. A versão para o 6S custa US$ 23,99 (R$ 93,95, em conversão direta). Para o 6S Plus, US$ 25,99 (R$ 100).

Via Engadget

Como tirar print de tela em um iPhone com o botão home quebrado?

Como tirar print de tela em um iPhone com o botão home quebrado?

O iPhone conta com uma ferramenta que permite ao usuário fazer prints da tela mesmo quando o botão home do aparelho está quebrado. Nesses casos extremos, a função AssistiveTouch pode ser ativada resolver esse inconveniente. Para te ajudar a entender com o procedimento, preparamos um tutorial.

Como tirar print de tela em um iPhone com o botão home quedrado? (Foto: Marvin Costa/TechTudo)Como tirar print de tela em um iPhone com o botão home quebrado? (Foto: Marvin Costa/TechTudo)

Ativando o AssistiveTouch

Passo 1. Vá até as configurações do sistema e acesse “Geral”. Em seguida, acesse as configurações de “Acessibilidade”;


Indo até as opções de acessibilidade do iPhone (Foto: Reprodução/Marvin Costa)

Passo 2. Acesse “AssistiveTouch e para ativar a função, como mostrado na imagem abaixo.

Ativando a ferramenta AssistiveTouch do iPhone (Foto: Reprodução/Marvin Costa)Ativando a ferramenta AssistiveTouch do iPhone (Foto: Reprodução/Marvin Costa)

Tirando um print da tela com o AssistiveTouch

Passo 1. Toque sobre o botão que inicia o AssistiveTouch;

passo-12Visualizando as opções do Assistive Touch do iPhone (Foto: Reprodução/Marvin Costa)

Passo 2. Acesse a opção “Dispositivo”;

passo-23Acessando as opções para o dispositivo do AssistiveTouch do iPhone (Foto: Marvin Costa/TechTudo)

Passo 3. Toque em “Mais” para ver outras ações disponíveis na ferramenta de acessibilidade;

passo-33Visualizando outras configurações para o iPhone do AssistiveTouch (Foto: Marvin Costa/TechTudo)

Passo 4. Toque em “Captura de Tela” para finalizar o processo.

passo-43Tirando um print da tela do iPhone com a ferramenta AssistiveTouch (Foto: Marvin Costa/TechTudo)

Pronto! Aproveite a dica para continuar tirando screenshots de seu iPhone até que o botão home seja reparado.